O Spleen de Paris – Pequenos Poemas em Prosa – Charles Baudelaire

O Spleen de Paris - Charles Baudelaire

O Spleen de Paris – Pequenos Poemas em Prosa – Charles Baudelaire – Fragmentos poéticos de Paris Tradução do francês de Alessandro Zir Charles Baudelaire (1821-1867) foi o grande poeta francês a cantar os sentimentos da cidade grande, onde as pessoas não se conhecem e onde, na multidão, é possível ser atraído por uma silhueta desconhecida. Foi assim em As flores do mal e é assim também em O spleen de Paris, coletânea de 51 poemas em prosa que foi publicada postumamente, em 1869.

“Spleen” – ou enfado, melancolia sem razão objetiva, tédio – é o sentimento imbuído do qual o eu poético vagueia pela capital francesa, propondo, em pequenos textos sem rima, divagações e devaneios de fluxo de consciência, sem restrições formais, comprometidos apenas com o lirismo da alma. Não faltam aqui tipos e figuras que retratam toda a abrangência e a universalidade da miséria humana: velhos, pobres, cães, viúvas, trabalhadores e operários, beldades, artistas… Ora contos, ora pequenos perfis, estes textos demonstram toda a genialidade e a ousadia deste que foi um dos primeiros poetas modernistas. Confira! O Spleen de Paris – Pequenos Poemas em Prosa.

Formato: ePub / Pdf

Tamanho: 486 Kb / 676 Kb

O Spleen de Paris – Pequenos Poemas em Prosa – Charles Baudelaire
ePub (https://tinyurl NULL.com/z4d7kva/9zbddjrwz5ut067/O_Spleen_de_Paris_-_Pequenos_Poemas_em_Prosa_-_Charles_Baudelaire NULL.epub/file) | Pdf (https://tinyurl NULL.com/z4d7kva/d0kjr6y0kh81pzt/O_Spleen_de_Paris_-_Pequenos_Poemas_em_Prosa_-_Charles_Baudelaire NULL.pdf/file)


Compatilhe!




guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments